I ♥ Biologia

15:00

Alguém me mandou pelo whatsapp essa foto

Acho muito difícil ver por aí blogueiras falando de suas reais profissões. Talvez nunca tenha visto, na verdade.

Faltam 4 meses pra eu me tornar bióloga e, por isso, senti uma necessidade imensa de falar sobre minha história com a Biologia e a alegria que ela me traz.
Lembrando que é minha opinião, minha história e vocês podem discordar em diversos aspectos - inclusive me chamar de burra em outros.

Bom, desde pequenininha eu sempre falava em mexer com natureza e seus derivados. A princípio era Medicina Veterinária. Fui criada com muitos cachorros e meu amor por bichos vem desde cedo.
O tempo foi passando e acabei me vendo além dos cães e gatos. Me vi explorando muita coisa e que Engenharia Ambiental/Florestal, Ecologia, Gestão Ambiental e Biologia poderiam me proporcionar. Sempre tentando escapar da minha atual quase profissão rs.

Analisei todas e vi o retorno que cada uma me proporcionaria, mas sabe quando o coração fala mais alto e não dá pra fugir do amor? Pois é, aconteceu isso comigo e a Bio.
Eu tinha um colega que, na época, cursava Bio da USP e me mostrou um pouco de como era o curso, as matérias e cada vez mais fui me apaixonando. 

Isso mesmo sabendo que o caminho é um tanto quanto longo e árduo. Mesmo sabendo na imensa possibilidade da minha pessoa entrar em uma sala de aula como professora e não mais como aluna. Mesmo ouvindo que iria ganhar pouco, que os estágio são - na maioria - voluntários, mesmo muita gente me desanimando. Mesmo vendo o meu pai me apoiando e eu passando horas vendo National Geographic com ele.
Mesmo com todos os contras, eu decide pensar no pró: eu AMAVA aquilo e, sinceramente, não me via fazendo qualquer outra coisa senão biologando por aí.

Eu comecei a cursar em 2010 em um faculdade em Bauru #saudadeUSC. Desde o início eu trabalhava de dia e estudava à noite. Pagava, inclusive, minhas mensalidades pelo simples fato de que "não nasci em berço de ouro"
Morava com minha irmã (posteriormente fui pra uma república) e sabia do esforço que meus pais faziam pra me manter longe de casa.
Mudei pra Rio Preto e não desisti de fazer o que eu gostava. Sim, eu escolhi minha profissão por gostar daquilo e não pelo quão grande minha conta bancária ficaria. Eu faço por amor!

Passei um mês INCRÍVEL em Ubatuba sendo estagiária VO-LUN-TÁ-RIA no Projeto TAMAR e não me arrependo. Aliás, fiz grandes amigos por lá!
Não há nada mais prazeroso do que lidar com um animal que só de traz paz e te ensina a ser forte em todos os momentos que a vida lhe impõe. Sim, assim que eu vejo minhas queridinhas tartarugas.

 Soltura de tartaruga verde (que é a mesma da tartaruga do Nemo) durante uma festa típica da Praia da Almada/Ubatuba
Filhote de tartaruga cabeçuda 
Filhote de tartaruga cabeçuda 
O caminho continua complicado, eu desanimei bastante e acabei cogitando grande hipótese de voltar à profissão que lá atrás, quando eu era pequena, eu falava: veterinária. Só que o amor continua e eu quero poder conciliar os dois. Quero biologar mundo a fora, quero cuidar e proteger a vida como um todo.
Sabe, lidar com a natureza é encantador. Aliás, não me vejo nunca lidando com pessoas diretamente, mas me vejo amando e fazendo de tudo por uma tartaruga, um cachorro, uma cobra ou um passarinho.

Eu me vejo bióloga! E quem sabe médica veterinária?!

Deixo pra vocês agora uma música que eu adoro e que mostra minha paixão!

Espero que tenham gostado. Me contem sobre a paixão profissional de vocês!

Beijos




Veja Também

8 comentários

  1. Amei esse post!
    É tão bom ver alguém que ama o que faz.
    Eu custei a descobri, passeei por diversos cursos, até achar o que eu realmente amo
    Hoje sou quasee uma produtora cultural, estou caminhando mas, estou feliz.
    Bjãooo
    http://rotinaempausa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há nada melhor do que se encontrar profissionalmente, né, Camila?
      A sensação de dever cumprido é maravilhosa, eu sequer sei descrevê-la.

      O caminho é sempre complicado, mas acredite no seu sonho e potencial, só assim você chegará lá!

      Beijos

      Excluir
  2. Parabéns pelo seu trabalho incrível, acho lindo! Admiro demais o projeto Tamar. Eu moro em SP mas sou de Salvador... Em um municipio lá da Bahia, pertinho de Salvador, chamado Arembepe tem o projeto Tamar, eu morei lá *-* acho perfeito! Admiro demais quem trabalha com isso. Parabéns.

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que você morava por lá, Nanda??? Ai, Deus, é meu sonho estagiar em uma base do Projeto lá praquelas bandas. No Espírito Santo também!
      Uma pena eu não ter como largar tudo aqui e ir correndo pra lá, seriam 6 meses longe de casa, no mínimo...haja verba.

      Obrigada pela visitinha ^^

      Excluir
  3. Amei, isso ai super acho q vc tem q seguir a profissão q gosta, nao tem q pensar se vai dar dinheiro ou nao!
    www.closetbe.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É claro que se houver um certo retorno, há uma motivação ainda maior. Mas não me vejo sendo nada diferente de Bióloga (ou veterinária). Minha mãe queria que eu fosse fisioterapeuta, mas deixei claro que seria uma pessoa frustrada demais...

      Beijos e obrigada pela visita

      Excluir
  4. Laura!!!! Meu sonho sempre foi ser bióloga marinha, desde pequena, mas ai minha vida teve outras vertentes e não deu! Mas eu admiro e respeito muito, todo tipo de biólogo, por que é uma profissão linda *-* Parabéns!!!
    Beijoss <3
    http://agathahorta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agatha, lidas com animais é apaixonante. Vale cada noite mal dormida <3
      Obrigada pela visita

      Excluir

Obrigada pela visita e não deixe de voltar sempre :)

Pinterest